SAAE esclarece mudança de cor na água distribuída pela ETA I

SAAE esclarece mudança de cor na água distribuída pela ETA I

O Departamento de Química, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), constatou que após as chuvas intensas dos últimos dias, houve uma turbulência nos corpos d’água da represa Milhã, que abastece a Estação de Tratamento de Água I (ETA I), e por conta disso, a turbidez (coloração) da água que chega para o tratamento na estação exige mais cautela e cuidados do que o habitual.

Segundo o encarregado das Estações de Tratamento de Água, Marcos Kenji “a capacidade de captação da água foi reduzida e, desde então, as equipes trabalham intensamente para a recuperação total dos sistemas”, afirma o químico. As descargas nas redes de distribuição também foram acionadas para a limpeza, porém alguns pontos, por ora, não será possível a limpeza total.

Seguindo orientações técnicas do departamento de química, o SAAE esclarece que, quando chegar no imóvel essa água com a coloração alterada, seja feito o descarte de forma que possa ser reutilizada para outros tipos de atividades, como lavagem de carros e calçadas e até mesmo para molhar as plantas.

Análises na água

Em Capivari, as análises de rotina da água seguem os parâmetros de frequência nas duas estações (ETA I e ETA II), onde é verificado, a cada duas horas, o PH, Cor, Turbidez, Flúor e Cloro da água.  A água tratada e distribuída à população é constantemente monitorada e avaliada pela Agência Reguladora Ares PCJ.

A Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária, também realiza três vezes ao mês a coleta de água para análise do Instituto Adolf Lutz, amostras colhidas em locais aleatórios, como manda a metodologia científica.

O SAAE orienta os moradores atingidos que utilizem a água armazenada racionalmente, e, em caso de dúvidas, reclamação, sugestão ou denúncias pertinentes ao SAAE sejam registradas na Central de Atendimento pelo 08008787874 para que uma equipe realize a vistoria técnica.