Rodrigo anuncia investimento de R$ 15,3 milhões

Tratamento de esgoto atenderá 30 mil habitantes

O SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), de Capivari, anuncia conquista de recurso junto Governo do Estado de São Paulo para tratamento de esgoto. A conquista é resultado da participação da autarquia no convênio Programa “Água Limpa”, que institui a celebração de convênios com os municípios do estado para a execução de projetos e obras destinadas ao tratamento de esgoto para a recuperação da qualidade dos recursos hídricos.

O superintendente do SAAE, José Luiz Cabral, explica que a verba conquistada tem o intuito de tratar 50% do esgoto na cidade e, será encaminhado ao ETE Central Prefeito Miguel Simão Neto. Ele destaca, ainda, que a implantação da obra configura-se em fundo perdido, não necessitando de contrapartida do município.

O prefeito de Capivari, Rodrigo Abdala Proença (PPS), anunciou a conquista do SAAE na manhã de ontem, 01, durante Passeio Ciclístico, em Capivari. O prefeito destacou que a aquisição surpreendeu a todos e atenderá 30 mil habitantes. “Todo o R$ 1 investido em saneamento básico gera uma economia de R$ 4 para a Saúde. Com isso, estaremos atingindo 75% do esgoto tratado”, afirma.

O Projeto

Em 2005, o Governo do Estado de São Paulo criou o Programa Água Limpa em ação conjunta da Secretaria Estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e Secretaria Estadual da Saúde, executando em parceria com as prefeituras.

O programa visa implantar sistemas de tratamento de esgotos em municípios com até 50 mil habitantes não atendidos pela Sabesp e que despejam seus afluentes “in natura” nos córregos e rios locais.

Nosso sistema de tratamento tem concepção holandesa, trata-se de um prédio de 5 a 6 metros de altura, onde o esgoto é tratado pelo sistema “U-BOX”, reator aeróbio e aeróbico, confinados no prédio.

O emissário terá 2,6 km de extensão, cujo Pv1 estará na junção do Ribeirão Chiquinho Quadros com o Água choca, percorrendo-o como também pelo Rio Capivari, seguindo até inicio da rua Pedro Stucchi, onde haverá uma estação elevatória de esgoto (EEE). A linha de recalque da EEE até a ETE terá 663 metros lineares.

Toda obra será realizada pelo Governo do Estado e terá o custo de R$15.288.640,87, com previsão de inicio para 2013, conforme publicação no Diário Oficial de 01/05/2013.