Atendimento 24h: 0800 878 7874 Concurso Público
Qualidade da água distribuída em Capivari é certificada pela Agência Reguladora Ares PCJ
A barragem da represa Milhã foi construída em 1960 e é um manancial de superfície que representa aproximadamente 25% do abastecimento de água em Capivari.

Qualidade da água distribuída em Capivari é certificada pela Agência Reguladora Ares PCJ

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) esclarece que cumpre rigorosamente as exigências do Ministério da Saúde quanto ao controle da qualidade da água distribuída em Capivari e alerta aos moradores da cidade que são falsas as informações que atualmente circulam na internet dando conta de que a condição da água está prejudicada.

Os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade estão dispostos na portaria 2914/2011 do Ministério da Saúde. Esses dados constam nas contas enviadas mensalmente aos consumidores do município.

Segundo o químico responsável pelas Estações de Tratamento, Odesio de Jesus Ferraz, “a água tratada e distribuída à população em Capivari é constantemente monitorada e avaliada, além das análises de rotina, que seguem os parâmetros de frequência nas duas estações de tratamento (ETA I e ETA II), onde é monitorada a cada duas horas e são verificados o PH, cor, turbidez, flúor e cloro da água”, informa Odesio.

Superintendente do SAAE, José Luiz Cabral explica que além das análises feitas pela Ares-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), a autarquia realiza mensalmente, por meio de um laboratório credenciado, laudos e avaliações de todos os sistemas de distribuição de água. “Nós temos o compromisso de prestar serviços de qualidade e elevar os níveis de saúde da nossa população. A realização de análises na água é fundamental para que todos tenham a certeza da qualidade da água que está consumindo”, afirma.

Conforme o relatório de outubro da Agência Reguladora encaminhado ao SAAE, o teste realizado em diversas residências da cidade comprova que não há nenhum parâmetro em desconformidade com a portaria 2.914/2011 e a lei federal nº 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico e define a Política Federal de Saneamento Básico.

Represa Milhã

A barragem da represa Milhã foi construída em 1960 e é um manancial de superfície que representa aproximadamente 25% do abastecimento de água em Capivari. Atualmente, há limpeza de aguapés na represa. O serviço acontece por uma empresa especializada, com equipe e maquinário apropriados. As plantas são retiradas e transportadas para áreas adequadas, onde passam por decomposição.

Segundo o Diretor de Qualidade e Meio Ambiente do SAAE, Caio Kerches, a vegetação aquática identificada na represa Milhã é de uma espécie que se reproduz em ambiente de águas claras e limpas e com solo rico em nutrientes naturais. “Como a represa apresenta baixa turbulência e abundância de nutrientes, a planta encontrou condições para seu desenvolvimento. Sua expansão não vem prejudicando a qualidade da água distribuída para a população”, destaca Kerches.

 

A barragem da represa Milhã foi construída em 1960 e é um manancial de superfície que representa aproximadamente 25% do abastecimento de água em Capivari