Preventivamente SAAE elabora Plano de Racionamento de Água obrigatório

Preventivamente SAAE elabora Plano de Racionamento de Água obrigatório

Orientados pelas exigências da Lei Federal nº. 11.445/2007, considerado nos termos do Art. 23, e considerando a Resolução ARES PCJ nº. 57, onde destaca que MESMO os municípios associados que NÃO sofrem com a operação de racionamento ou rodízio de água devem elaborar o Plano de Racionamento de forma preventiva.

Atualmente, o SAAE dispõe de 27 reservatórios que armazenam oito   milhões de litros de água tratada. Durante a maior crise hídrica que o país viveu em 2014/2015, Capivari não sofreu processo de racionamento devido as ações preventivas que a autarquia colocou em prática antecipadamente, como a higienização de poços artesianos e com a troca das bombas com maior produção de acordo com as outorgas.

Plano Emergencial de Racionamento

O Plano Emergencial de Racionamento detalhou com clareza três cenários e estabeleceu as seguintes faixas:

– Bandeira Amarela: o modelo proposto é de 12×12, ou seja, 12 horas de abastecimento contínuo e 12 horas de interrupção. Nesse cenário 25% do município será afetado pelo desabastecimento.

– Bandeira Laranja: a proposta é de 24×24, ou seja, 24 horas de abastecimento contínuo, seguida de outras 24 horas de interrupção. Nesse cenário 50% do município será afetado pelo desabastecimento.

– Bandeira Vermelha: propõe de 24×48, ou seja, 24 horas de abastecimento contínuo, seguida de 48 horas de interrupção. Nesse cenário 67% do município será afetado pelo desabastecimento.

É importante destacar que o Plano de Racionamento será executado em função das condições apresentadas nas barragens, bem como na produção de água dos poços artesianos.

Observações Importantes

– Os estabelecimentos de ensino, municipais, estaduais e particulares também participarão do plano de racionamento proposto sem qualquer privilégio.

– Os postos de saúde serão atendidos em uma escala de prioridade a ser elaborada pela Secretaria de Saúde, onde o SAAE montará um plano de atendimento.

– Os hospitais terão atendimento privilegiado e serão preservados nesse plano, aqueles que se encontrarem abastecidos por linhas exclusivas, não sofrerão quaisquer alterações no seu abastecimento. Contudo, aqueles que se encontrarem inseridos diretamente nos sistemas de distribuição dos bairros, ou seja, não possuem linhas exclusivas, serão abastecidos alternativamente por caminhão pipa.

– Nos sistemas de uso exclusivo, ações especificas poderão ser tomadas de modo a amenizar o exposto nos cenários acima.

–  Manobras nas redes de distribuição poderão ser realizadas de modo a reduzir as ações apontadas nos cenários acima especificados.

O SAAE tem a preocupação constante de antecipar-se aos eventuais problemas de abastecimento que nosso município possa vir a sofrer e garante estar preparado para enfrentar qualquer situação com cautela, profissionalismo e responsabilidade.