Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre atende cerca de 20 bairros em Capivari
Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre

Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre atende cerca de 20 bairros em Capivari

Com a reforma e ampliação e modernização foi possível duplicar a capacidade de tratamento do esgoto

A Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre passou por uma transformação sendo reformada e ampliada e modernizada, podendo assim, duplicar a capacidade de tratar o esgoto doméstico gerado em 20 bairros de Capivari.

Antes, a estação tratava esgoto coletado de nove bairros, sendo eles; Morada do Sol, Porto Alegre, Santa Terezinha, Pitangueiras, Jatobá, São José, Engenho Velho, Santa Tereza D’Avilla e Santo Antônio. Com a reforma e ampliação e modernização passou a atender mais 11 bairros, sendo eles; Padovani, Vila Bela Vista, Santa Rosa, Maria Amélia, Vila Souza, Jardim dos Poetas, Jardim Tarsila, Piazza de Roma, Residencial Santo Antônio, São Marcos e Moreto, devido a implantação do coletor tranco de esgotos que margeia o rio Capivari e bombeia o esgoto coletado até a ETE Porto Alegre.

A ampliação permitiu a construção de dois novos tanques de aeração, modernização da parte antiga da estação, o remanejamento da tubulação, a troca de painéis elétricos, a construção da casa de operação, a Estação Elevatória do Lodo e a unidade de desinfecção.

A nova Estação de Tratamento de Esgotos elevou sua capacidade para mais de 25.000 habitantes.

Tratamento do Lodo ativado por batelada

Nesta estação, o sistema de tratamento do efluente doméstico incorpora todas as unidades, processos e operações normalmente associados ao tratamento convencional de lodo ativado, ou seja, oxidação biológica e decantação em um único tanque.

O processo de lodo ativado por batelada é dimensionado para a modalidade de aeração prolongada, que com tempo de aeração consideravelmente maiores, consegue-se o lodo já estabilizado no tanque de aeração e diminui o excesso de lodo a ser eliminado.

Com o tratamento do lodo nas estações, o SAAE atende as exigências da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que não permite mais o lançamento de produtos químicos no rio e assim, continuamos com nossa missão de preservar os corpos d’água da bacia do rio Capivari e a preservação do meio ambiente.

Mais de R$ 6 milhões foram investidos na reforma, ampliação e modernização do sistema de esgotamento sanitário nesta estação de tratamento.

 

Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre