Um canteiro de obras se inicia em Capivari

Saneamento básico é mais que importante, é indispensável. São R$22 milhões de investimentos no município

A missão do SAAE Capivari é prestar serviços de saneamento básico com qualidade e eficiência, contribuindo com a preservação do meio ambiente e buscando a melhora contínua da autarquia, agindo com respeito e transparência em suas ações.

O SAAE busca recursos em todas as esferas do Governo Estadual e com isso, vêm conquistanto diversos investimentos para garantir que sua missão seja realidade em Capivari.

Vale ressaltar que 90% dos recursos não geram curtos aos munícipes. “É com muita felicidade que anunciamos que o SAAE transformou Capivari em um canteiro de obras. Ao todo são nove obras, sendo que seis delas já estão em execução. São R$ 22 milhões de investimentos em Capivari”, ressaltou o prefeito, Rodrigo Proença.
Confira abaixo, as obras de saneamento básico

1) 2ª fase da troca de rede R$ 3 milhões (EM EXECUÇÃO)
Serão substituídos 17 km de rede de água além de 2.400 ligações domiciliares, em material “PEAD”, (polietileno de alta densidade), com o remanejamento das ligações domiciliares de água.
O percurso para a substituição da 2º etapa é o quadrilátero envolvendo as ruas, João Vaz, Rodrigues Alves, avenida Pio XII e Piratininga e os bairros, Vila Fátima, Padovani e Vila Municipal (região do Tiro de Guerra), Vila Izildinha, Frankelina de Almeida Barros e São José.

2) Coletor tronco do Lava Pés R$ 1,6 milhão (EM EXECUÇÃO)
A obra irá coletar o esgoto dos bairros, Jardim Santa Maria, Vila Fátima, Jardim Nova Aparecida, bem como atender a demanda futura para um total de 10 mil habitantes.
O projeto contempla duas Estações Elevatórias (EEE) 36 poços de visita (PV), coletor tronco com extensão de 2.093 metros e 581 metros de linha de recalque para transportar o esgoto coletado até a Estação de Tratamento de Esgoto Central (ETE Central).

3) Coletor tronco do Caraça R$ 2 milhões (EM EXECUÇÃO)
O coletor tronco atende os bairros Distrito Novo Tempo, Jd. São Pedro, Bairro Ribeirão, Pq. Santa Rita, empreendimentos imobiliários em construção e futuros no entorno.
Extensão de 2.017m, atendimento final de 10 mil habitantes. A obra conta com Estação Elevatória e Linha de Recalque de 2.505

4) Ampliação da ETE Porto Alegre R$ 6 milhões (licitada)
A obra aguarda liberação da 1ª parcela do recurso com previsão de ínicio para março de 2016. A estação atenderá os bairros: Santo Antônio, Lot. Res. Santa Tereza D’Avilla, Jd. Engenho Velho, São José, Eng. Velho, Lot. Jatobá, Lot. Pitangueiras, Lot. Santa Terezinha, Conj. Hab. Porto Alegre, Sistema do Coletor Tronco Capivari, empreendimentos imobiliários em construção e futuros no entorno.
Atendimento final de 20 mil habitantes.

5) Rede de esgoto do Bosque R$1,2 milhão (EM EXECUÇÃO)
A obra permitirá a construção da rede coletora de esgoto, duas Estações Elevatórias de Esgoto (EEEs) e de linha de recalque com 1.275 metros de extensão, atendendo inicialmente 300 famílias.

6) ETE Castelani R$ 4 milhões (EM EXECUÇÃO)
A obra, que estava abandonada há oito anos, terá capacidade para tratar 25% do esgoto coletado de aproximadamente 15 mil habitantes e não produzirá odor.
A estação atenderá os bairros, Bosque dos Pinheiros, Jardim do Bosque, Jardim Branyl, Alto Castelani, Dic Novo Tempo, Jardim São Pedro, Ribeirão e Parque residencial Santa Rita e empreendimentos futuros no entorno.

7) Coletor tronco Capivari R$ 3,8 milhões (licitada)
A ordem de serviço já foi emitida e o início das obras está previsto para março de 2016. Será implantado 3.086 metros de coletor tronco de esgotos, 222 metros de linha de recalque, duas Estações Elevatórias de Esgoto e 61 poços de visita (Pvs).
A obra da implantação do coletor de esgotos percorrerá os bairros, Padovani, Vila Bela Vista, Porto Alegre, Nossa Senhora Aparecida, Santa Rosa, Maria Amélia, Residêncial Santo Antônio, Moreto, Morada do Sol e São Marcus.
O esgoto coletado dos dez bairros será transportado para a Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre que será reformada e ampliada.
A obra atenderá aproximadamente 15 mil pessoas e terá início em novembro.
8) Coletor Antônio Bocchio R$ 100 mil (EM EXECUÇÃO)
O coletor tronco de esgoto terá uma extensão de 486 metros e atenderá, de início, as ruas César Fernando dos Santos, Antônio Bocchio e José Busato.

9) Coletor tronco da Vila Izildinha (EM LICITAÇÃO)
O coletor tronco de esgoto terá uma extensão de 500 metros e atenderá, de início, a rua, Francisco Luiz Gonzaga, no bairro Vila Izildinha.