Tarifas de água e esgoto sofrem reajuste

Valores reajustados continuam menores do que outras autarquias da região

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Capivari, solicitou o reajuste anual das tarifas de água e esgoto para a – Agência Reguladora Ares PCJ – que entraram em vigor neste mês de março com pagamento para abril de 2016.

Segundo o superintendente, José Luiz Cabral, a solicitação foi necessária devido ao aumento nos principais insumos do SAAE, sendo produtos químicos para o tratamento da água e do esgoto que são cotados em dólar, tubos e conexões, combustível, além das nove obras que estão em andamento na cidade para melhorar a qualidade da água distribuída e aumentar a capacidade de tratamento do esgoto doméstico nas estações.

“Todos os investimentos que estão sendo realizados livram o SAAE de elevadas multas pelo não cumprimento do Plano de Bacias PCJ, cuja obras deverão estar prontas até 2020. Essas multas, com certeza, estão superiores a R$ 1 milhão por ano, pois o não cumprimento resultará em um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta junto ao Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (GAEMA)”, explica Cabral.

A agência autorizou o reajuste em 10,67% nas tarifas praticadas em Capivari, percentual este que representa o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado em 2015, com a justificativa de continuarmos garantindo a sustentabilidade econômica, a longevidade na prestação dos serviços e na busca constante pela modicidade tarifária, exigidas na Lei Federal 11.445 que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico.

Convém destacar que o SAAE está investindo mais de R$ 40 milhões em saneamento básico, sendo que aproximadamente 10% estará contido na tarifa e os outros 90% são recursos conquistados a fundo perdido.