Servidores passam por acompanhamento médico anual
Funcionários passam por exames médicos anualmente

Servidores passam por acompanhamento médico anual

Todos os funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) passam por exames médicos anualmente para acompanhar a saúde. A ação é preventiva e busca preservar a qualidade de vida e o bem-estar de cada servidor público.

Desde 2016, o SAAE contratou por meio de licitação pública, a empresa Associação de Saúde Multidisciplinar – nome fantasia – Ergosaúde – Prevenção e Reabilitação, para prestar serviços técnicos e especializados de assessoria e consultoria na área de medicina e segurança do trabalho.

Os funcionários realizam exames de sangue, espirometria, audiometria, eletrocardiograma, eletroencefalograma, RX coluna, além dos exames clínicos. Após a realização dos exames o servidor recebe um Atestado de Saúde Ocupacional.

Programas de Prevenção

Em atendimento a Norma Regulamentadora nº. 09, da Portaria do Ministério do Trabalho nº 3.214/78, foi elaborado o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – PPRA.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições, visando a preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, considerando a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais.

O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), concebido como agenda propositiva de normas e condutas de gestão ocupacional, integra um conjunto de iniciativas de empresas comprometidas no planejamento de ações capazes de minimizar os efeitos dos riscos que o trabalho possa representar à saúde dos trabalhadores.

Como instrumento e forma de definira política de saúde da empresa o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), deve estar articulado a diversos outros programas da empresa, notadamente o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), responsável pelo reconhecimento, avaliação e controle de riscos a que estão expostos os trabalhadores em cada setor da empresa.

Identificados e qualificados, os riscos inerentes ao trabalho em cada setor, será possível planejar procedimentos que diminuam as consequências desses agravos à saúde dos trabalhadores. Neste campo de proposituras concentram-se as atividades do PCMSO. A elaboração do PCMSO garante esse propósito e compreende todas as ações de fomento, proteção e recuperação da saúde dos trabalhadores.

Metodologia aplicada

Durante o trabalho realizado, foram avaliadas as funções conforme sugerido pela metodologia da Análise Ergonômica do Trabalho (AET), por meio de amostragem, uma vez que cada função de trabalho não caracteriza um desenvolvimento laboral de forma diferenciada.

O objetivo foi utilizar a metodologia da AET, aplicada a projetos de transformação das condições de trabalho, bem como a avaliação das demandas existentes nas atividades dos setores avaliados, para a realização de ações na área de ergonomia com vistas à melhoria efetiva das condições de trabalho, redução de riscos à saúde dos colaboradores e aumento da produtividade.

A metodologia da AET utiliza-se de observações de situações de trabalho, análise da tarefa, entrevistas e verbalizações com os diferentes níveis de hierárquicos, buscando compreender em detalhes as atividades nas suas diferentes dimensões, física, cognitiva, mental e social.

A Análise Ergonômica do Trabalho tem por finalidade, transformar as condições de trabalho e adaptar às características psicofisiológicas dos trabalhadores, buscando conciliar dois universos: saúde e produtividade.