Saneamento básico em Capivari chegará a 300%

Com o apoio do Governo do Estado, a Prefeitura Municipal de Capivari em ação conjunta com o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) proporcionará ao município ser uma das poucas cidades universalizada em saneamento básico do estado de São Paulo.

Na última segunda-feira, 02, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) esteve no município para assinar convênio de R$ 15 milhões para construção de uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) em Capivari. Em 2005, o Governo do Estado de São Paulo criou o programa “Água Limpa”, que visa implantar sistemas de tratamento de esgotos em municípios com até 50 mil habitantes, não atendidos pela Sabesp e que despejam seus efluentes “in natura” nos córregos e rios locais.

A obra será composta por 2,6 km de coletor tronco, 2 Estações Elevatórias de Esgoto e 660 metros de linha de recalque, além da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) padrão holandês, considerada uma das mais modernas do mundo. Segundo o superintendente do SAAE, José Luiz Cabral; “está será a maior obra de saneamento básico do município e atenderá toda a região central com capacidade inicial de 30.000 habitantes. Por ser de concepção modular, novos blocos poderão ser incorporados no futuro”, observa. Aproximadamente 85 toneladas de carga orgânica serão retiradas do rio Capivari, proporcionando melhorias diretas à bacia hidrográfica do PCJ (Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) e melhora também a qualidade da água nos rios da região.

O prefeito Rodrigo Abdala Proença (PPS) salientou que “todos os esforços estão concentrados no sentido de nos tornarmos um município universalizado em saneamento básico, ou seja, 300%: 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% do esgoto tratado. Tenho obsessão por Capivari se tornar um município Verde e Azul”, conclui Proença.