Atendimento 24h: 0800 878 7874
SAAE conquista mais de R$ 3 milhões para a implantação da 2ª fase do coletor tronco de esgotos Engenho Velho
Reforma e Ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre

SAAE conquista mais de R$ 3 milhões para a implantação da 2ª fase do coletor tronco de esgotos Engenho Velho

O Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) liberou R$3.011.851,08 milhões para a implantação do coletor tronco de esgotos Engenho Velho. Ao todo, 11 bairros serão contemplados com a coleta do esgoto que será bombeado para a Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre que está sendo reformada e ampliada, obra está avaliada em R$ 5,6 milhões.

Na última segunda-feira, 26, a Câmara de Vereadores aprovou a Lei 5379/2018 que inclui os recursos financeiros no orçamento anual do SAAE para iniciar a licitação e a futura contratação para execução das obras do coletor tronco de esgotos Engenho Velho.

Serão implantados mais de dois mil metros de coletor de esgotos e 48 poços de visitas (PV) que percorrerá os bairros, Morro Amarelo, Santo Antônio, São José, Santa Teresa D’Ávila, Engenho Velho, Jaraguá, São José, Jardim Jatobá, Jardim Engenho Velho, Pitangueiras e Santa Terezinha.

Segundo o engenheiro ambiental do SAAE, Caio Kerches, com a ampliação da estação de tratamento de esgoto Porto Alegre será possível duplicar a capacidade de tratamento. “Hoje, a estação trata 25% do esgoto, e com esta ampliação, mais a ETE do Castelani, ETE do DIC I, bem como a ETE Central (a ser construída pelo Governo do Estado) teremos capacidade instalada para atender a população atual e mais 25 mil pessoas”, ressalta Caio.

O superintendente do SAAE, José Luiz Cabral, explica que “o coletor tronco em operação está com sua capacidade praticamente esgotada, isto é, atingindo seu limite de esgotamento, por isso, é imprescindível que façamos um novo coletor visando atender o crescimento populacional da área a ser beneficiada, obra está importantíssima, entretanto, outra obra que ficará enterrada”, destaca Cabral.

Para o prefeito Rodrigo, “as obras do SAAE, representam um avanço sem precedentes para a nossa conquista do Selo de Município Verde e Azul, selo este de relevante importância para o Desenvolvimento Econômico de nossa cidade, pois, as empresas procuram municípios com esta certificação para implantação dos seus futuros empreendimentos”, afirma.

As obras estão previstas para começar no primeiro semestre de 2018 e o SAAE investirá cerca de R$ 583 mil de contrapartida.

Reforma e Ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto Porto Alegre