SAAE conquista 1,6 milhão para o Córrego Lava Pés

SAAE conquista 1,6 milhão para o Córrego Lava Pés

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) assinou convênio de R$ 1,6 milhão para revitalização do Córrego Lava Pés, na quinta-feira, 22, no Palácio dos Bandeirantes.

Por intermédio do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), o projeto de engenharia apresentado pela autarquia permite a construção de 2.093 metros de coletor tronco, 581 metros de linha de recalque, duas Estações de Elevatórias de Esgoto (EEE) e 36 poços de visita (PV).

De acordo com o superintendente do SAAE, José Luiz Cabral, o Córrego Lava Pés percorre os bairros Vila Fátima e Nova Aparecida, que juntos somam 900 residências (cerca de quatro mil pessoas). “Diante deste projeto temos uma folga estratégica, pois a obra permite atender até 10 mil habitantes”, explica.

A importância do tratamento de esgoto é preservar a saúde da população, pois a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que cada R$ 1 investido em saneamento básico resulta em R$ 4 de retorno para a saúde.

O engenheiro ambiental do SAAE, Caio Kerches, explica que é necessário atender a lei federal 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico e a universalização dos serviços de saneamento, resumindo-se a: água tratada e distribuída, esgoto coletado e tratado, resíduos sólidos e drenagem. “Todas estas medidas visam diminuir os problemas ambientais do Córrego Lava Pés, porém a conscientização ambiental da população local também é de grande importância para que efetivamente todos os transtornos sejam sanados”.