ETE Castelani opera tratando até 25% do esgoto coletado em Capivari
Estação de Tratamento de Esgoto Castelani

ETE Castelani opera tratando até 25% do esgoto coletado em Capivari

Obra estava abandonada há 8 anos e hoje opera com equipe de profissionais qualificados

Nas estações de tratamento de esgoto, a água com impurezas que chega na ETE, passa por várias etapas para ser despoluída e devolvida ao meio ambiente.

A Estação de Tratamento de Esgoto do Alto Castelani já está em operação e trata aproximadamente 25% do esgoto coletado de oito bairros em Capivari, sendo eles; Bosque dos Pinheiros, Jardim do Bosque, Jardim Branyl, Alto Castelani, Dic Novo Tempo, Jardim São Pedro, Ribeirão, Parque Residencial Santa Rita e empreendimentos futuros na região.

O processo de tratamento na ETE do Alto Castelani é ativado em tanques de aeração, tanques de areia, reatores, decantadores e não produz mal cheiro.

Foram investidos no local mais de R$ 4 milhões e aproximadamente 15 mil pessoas são beneficiadas com a coleta e o tratamento do esgoto doméstico.

Sistema de Desidratação do Lodo

O produto químico usado para o tratamento do esgoto também não é lançado na natureza, uma vez que, na ETE também funciona o Sistema de Desidratação do Lodo, que é um subproduto do tratamento do esgoto, gerado na ETE, formado por sólidos e imponderados químicos, constituindo uma massa de partículas orgânicas e inorgânicas, densa e viscosa.

Com isso, o SAAE atende as exigências da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que não permite mais o lançamento de produtos químicos no rio e assim, continuamos com nossa missão de preservar os corpos d’água da bacia do rio Capivari e a preservação do meio ambiente.