Conselho Regional de Odontologia comprova flúor adequado na água de Capivari

O CRO (Conselho Regional de Odontologia) se preocupa com a quantidade de flúor concentrado na água e por conta disso analisou mais de 100 cidades do interior de São Paulo, incluindo Capivari

Em três coletas realizadas em Capivari pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO), duas ficaram, totalmente, adequadas nas faixas de tolerância do CRO, que é de 0,6 a 0,8. Uma das análises ficou muito próxima do mínimo o que não comprometeu a saúde dos munícipes.

A preocupação em atender a portaria 2914/2011 é compromisso do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), defende o superintendente da autarquia, José Luiz Cabral. “Fazemos mil e 200 análises mensais somente na ETA I e em 2013 foram feitas 13 análises de flúor junto ao Conte & Silva Laboratório Ambiental, credenciado pelo Ministério da Saúde”, explica.

O Instituto Adolf Lutz (Laboratório de Saúde Pública) também realiza análises de amostras coletadas no município. Segundo a Divisão de Vigilância Sanitária de Capivari a coleta é feita 2 vezes ao mês e atende as especificações do instituto.