Capivari recebe “Mérito Ambiental” concedido pelo Consórcio PCJ

Comenda reconhece trabalhos desenvolvidos pelo SAAE para gestão dos recursos hídricos; investimentos chegam a R$ 40 milhões

Em função das ações conjugadas no controle de perdas de água e tratamento de esgoto, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Capivari foi reconhecido com a comenda “Mérito Ambiental” do Consórcio PCJ, na sexta-feira, 5, em Americana, na 73ª reunião ordinária do Conselho de Consorciados.

Com relação ao controle de perdas, o motivador foi a realização da primeira fase da troca de 16,5 km de redes de distribuição de água e a assinatura do contrato para a segunda fase, com mais de 17 km de rede para substituição. Os dois projetos somam investimentos de R$ 5,3 milhões.

Com o projeto de Macro e Micro Medição e a instalação do Centro de Controle Operacional de Combate às Perdas de Água, foram investidos R$ 1,9 milhão. Portanto, os dois projetos chegam a R$ 7,2 milhões no controle de perdas de água em Capivari.

Para tratamento de esgoto, foram consideradas diversas ações que estão em andamento no município, como a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Central, que tem a conclusão prevista para o primeiro semestre de 2016, no valor de R$ 15 milhões. Também foi relevante a ETE do Alto Castellani, em processo de nova licitação orçada em R$ 3,6 milhões.

Há, ainda, outros projetos que contribuíram para que a autarquia fosse reconhecida pelo PCJ, entre eles a duplicação da ETE Porto Alegre, orçada em R$ 5,9 milhões, e os coletores troncos da Estação Elevatória de Esgoto do Caraça, no bairro Ribeirão, no valor de R$ 2 milhões, e a do Lava Pés, em R$ 1,6 milhão. Cada uma transportará esgoto de 10 mil habitantes, sendo que a do Lava Pés irá para a ETE Central e a do Caraça para a ETE Castelani.

Com relação à bacia do São Marcos, o coletor tronco coletará esgoto de até 14 mil pessoas e transportará para a ETE do Porto Alegre. A obra é orçada em R$ 4,8 milhões.

Segundo o superintendente do SAAE, José Luiz Cabral, “estão sendo investidos R$ 32,9 milhões nas ações para tratamento de esgoto”. “Em 2016, chegaremos a 95% de esgoto coletado e tratado”, diz.

Os investimentos em Capivari chegam a R$ 40,1 milhões para garantir a gestão dos recursos hídricos. “Este reconhecimento do Consórcio PCJ é o salto de qualidade na vida da população capivariana”, ressalta Cabral.

Consórcio PCJ

O Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) é uma associação de direito privado sem fins lucrativos, composta por municípios e empresas, que tem como objetivo a recuperação dos mananciais de sua área de abrangência. A base do trabalho da entidade está na conscientização de todos os setores da sociedade sobre a problemática dos recursos hídricos da região, no planejamento e no fomento às ações de recuperação dos mananciais.

 

Entrega oficial do Mérito Ambiental ao superintendente do SAAE
Entrega oficial do Mérito Ambiental ao superintendente do SAAE